quarta-feira, 20 de abril de 2016

Projeto de lei que estende periculosidade aos leituristas é apresentado em Brasília

Em mais uma etapa da luta em busca da periculosidade para os Leituristas de Energia, o Sindicato dos Eletricitários de São Paulo, entidade que encabeça a luta na defesa dos trabalhadores Leituristas.
Na tarde da última sexta feira, 04, mais um participante de peso entrou na luta, o Deputado Federal Paulo Pereira da Silva, Paulinho da Força, SD-SP, que em mãos entregou aos Eletricitários o Projeto de Lei 4606/2016 que inclui no rol das atividades perigosas a profissão de Leiturista de energia e de Leiturista de gás.
Durante a reunião, Paulinho da força explicou o porque ampliar o Projeto de Lei também para os Leituristas de gás. “Percebi que o nosso pedido do PL poderia também abranger os companheiros gasistas e isto foi feito”, disse.
Para o presidente do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo Eduardo Annunciato, o Chicão,  este é um importante momento para os Leituristas,  “Assim que é bom, fizemos a discussão, avançamos a luta e vamos divulgar, passo a passo, os avanços do processo de luta. É matando as cobras e mostrando os paus, que vamos engrossar as fileiras de luta da Classe Trabalhadora. Viva os Eletricitários ” finalizou o presidente.
Chicão ainda afirmou que com trabalhador não se brinca, e ainda mais com a vida dele,  “ Enfatizamos não tocar nas caixas metálicas dos centros de medição sem utilizar os devidos equipamentos de proteção individual (EPIs), pelo alto risco de choque elétrico” e finalizou “vamos pressionar os deputados, é tempo de pressão, de luta e unidade, somos uma categoria importante para as empresas e para a sociedade.
O projeto segue agora para análise das comissões.
Postar um comentário

Pena contra trabalho escravo deve ser maior, defende Raquel Dodge

Procuradora-geral falou na abertura de um seminário, em Brasília, sobre a sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos, que em deze...