quinta-feira, 11 de maio de 2017

Em depoimento, Lula nega ser dono de triplex e diz que não pediu para destruir provas

Foram quase cinco horas de interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz federal Sérgio Moro. No depoimento, Lula negou ser dono do triplex no Guarujá (SP), criticou as acusações do Ministério Público Federal e vazamentos à imprensa. 

O ex-presidente também negou que tenha pedido ao ex-executivo da OAS Léo Pinheiro para destruir provas. 


 Lula é acusado de ter recebido propina por parte da empreiteira OAS por meio da reserva e da reforma de um apartamento triplex no Guarujá. Mas a defesa de Lula nega as acusações e diz que não há provas de que o imóvel seja do ex-presidente. 
Após o interrogatório, Lula foi a um ato político preparado por militantes. 
Postar um comentário

CARF vs ITAÚ: Escândalo do “financismo”

por: Paulo Kliass Jornais e televisão "se esquecem" de noticiar um escândalo de R$ 25 bilhões na esfera do Ministério da Faze...