quarta-feira, 22 de março de 2017

Romário apoia a PEC que dá fim ao foro privilegiado para crimes comuns

Senador sublinhou que poucos processos contra políticos no Supremo Tribunal Federal resultam em condenações

O senador Romário (PSB-RJ) criticou em Plenário o foro privilegiado, que, para ele, é usado como artifício para burlar a Justiça. Ele sublinhou a importância do princípio constitucional da igualdade diante da lei. Para ele, a Operação Lava Jato, da Polícia Federal, contribui para revelar os privilégios usados por quem quer escapar dos crimes.

Romário sublinhou que poucos processos contra políticos no Supremo Tribunal Federal resultam em condenações, e registrou o expressivo apoio popular à proposta de emenda à Constituição (PEC) 10/2013, que extingue o foro especial por prerrogativa de função nos casos de crimes comuns.
O senador apoiou a prioridade na tramitação dessa PEC, que já foi aprovada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). As informações são da Agência Senado.
"Ainda há tempo de fazer essa mudança antes da próxima eleição e impedir que nossa democracia seja colocada a serviço de quem só pensa em escapar das grades, manipulando o povo já cansado de tanta mentira", disse.
Postar um comentário

Indenização por morte em acidente de trabalho

Confira os 2 tipos de indenização a que têm direito os parentes de funcionário que morre após acidente de trabalho. A indenização por dan...