segunda-feira, 20 de março de 2017

Artistas do mundo do rock lamentam morte de Chuck Berry

Lenda da música mundial faleceu na noite deste sábado (18)


Uma das maiores lendas do rock mundial, o norte-americano Chuck Berry, faleceu na noite deste sábado (18), aos 90 anos, informou a polícia de St. Charles, no Missouri.

"O departamento de polícia do condado de St. Charles infelizmente tem de confirmar a morte de Charles Edward Anderson Berry Senior, melhor conhecido como o lendário músico Chuck Berry", publicou a notícia. Segundo informações das autoridades, os policiais foram chamados à residência do cantor, mas ele já não apresentava os sinais vitais.

Charles Edward Anderson Berry é considerado um dos "pais" do rock e um dos primeiros a tocar com maestria o ritmo musical.
Com influências do blues, fundou o "The Chuck Berry Trio" em 1955, que já teve o primeiro sucesso "Maybellene" na lista das músicas mais tocadas nos EUA naquele ano. Desde então, compôs e apresentou sucessos "eternos" para a mússia mundial.
"Roll over Beethoven", "Johnny B. Goode", "Rock And roll music", "School day", "Carol", "Memphis Tennessee" e "Too much monkey business" são alguns dos maiores sucessos do artista, que viu bandas como os Beatles e os Rolling Stones regravarem muitas das suas versões.
Pelas redes sociais, alguns dos maiores músicos globais lamentaram a morte da "lenda do rock".
"Estou muito triste. Quero agradecê-lo por toda a música que nos deu de presente. Ele iluminou os anos da minha adolescência, deu vida aos nossos sonhos de nos tornar músicos e de estar no palco", escreveu no Twitter Mick Jagger.
"Apagou-se uma das minhas maiores luzes", disse Keith Richards enquanto Bruce Springsteen disse que "Chuck Berry foi o maior roqueiro, guitarrista e compositor de rock que já existiu".
Ringo Starr, ex-Beatles, também lamentou a morte e escreveu "Paz e Amor, Sr. Rock and Roll". Já Brian Wilson, dos Beach Boys, disse que a morte do músico "fará falta para todos aqueles que amam o rock'n'roll".
Quem também usou as redes sociais para homenagear Chuck Berry foi Lenny Kravitz, que afirmou que "nós não estaríamos aqui se não fosse por ele". Keith Urban aproveitou para agradecer "pela poesia, pela paixão e pela potência" da carreira do norte-americano. (ANSA)

Postar um comentário

CARF vs ITAÚ: Escândalo do “financismo”

por: Paulo Kliass Jornais e televisão "se esquecem" de noticiar um escândalo de R$ 25 bilhões na esfera do Ministério da Faze...