terça-feira, 21 de março de 2017

Menino dá tapa em coleguinha e ensinamento da mãe viraliza na web

Isso sim é um exemplo para esse País que anda tão desmoralizado

O texto escrito pela mãe do menino é tratado como um apelo para que outras mães deem a seus filhos lições de respeito a mulheres

A mãe de um menino de cinco anos contou nas redes sociais a história protagonizada pelo seu filho que deu um tapa em uma coleguinha na escola e como ela tratou o caso. Tudo começou quando a professora do pequeno Otávio enviou um bilhete à mãe informando que o menino agrediu a garota.
A forma como Lucielle Prado de Moraes chamou a atenção do filho viralizou na web e acendeu a discussão sobre a maneira como as mães ensinam os seus filhos.
Lucielle contou que decidiu conversar com o Otávio sobre o ocorrido. "O chamei pra conversar e ouvi o que ele tinha a dizer sobre o acontecido (...) Ele me contou com a voz envergonhada e a cabeça baixa, palavra por palavra que a professora havia escrito e disse: "Mas, eu já pedi desculpa Mamãe! Ela me desculpou."E foi aí que eu explique a ele, como um homem de verdade deve tratar uma mulher.Expliquei na linguagem dele que as coleguinhas são como princesas e os príncipes devem protege-las, nunca machuca-las.Como ele sempre vai à faculdade comigo, perguntei se ele gostaria que um colega me batesse e ele arregalou os olhos assustados e disse: "Nãaao, mamãe!"Eu o lembrei que eu sou uma mulher, as tias, as avós, assim como as coleguinhas seriam um dia e escrevemos juntos essa cartinha para ele entregar, como forma de desculpa".
A conversa de mãe e filho resultou num pedido de desculpas escrito pelo pequeno: "Me desculpe por ter dado um tapa na sua mão. Eu aprendi com a minha mãe que não devemos bater nos nossos coleguinhas e que um homem nunca machuca uma mulher. Nunca mais vou fazer isso. Por favor me desculpe. Otávio", escreveu o menino no bilhete para entregar à colega.
Junto com a mensagem, Otávio entregou um saquinho com muitos doces.
O texto de Lucielle é tratado como um apelo para que outras mães deem a seus filhos lições de respeito a mulheres. "A atitude que ele terá no futuro é a mesma que eu ensinar agora e nós, mães de meninos temos o dever de preparar nossos filhos para tratar uma mulher como ela merece. Se você reclama do seu marido, pai ou irmão, tenha cuidado para não ensinar o seu filho a repetir o exemplo deles. Eu tenho orgulho do HOMEM que meu filho será, não por ama-lo incondicionalmente, mas pelos princípios e pela educação que dou a ele", completou a mãe.
fonte: www.noticiasaominuto.com.br
Postar um comentário

CARF vs ITAÚ: Escândalo do “financismo”

por: Paulo Kliass Jornais e televisão "se esquecem" de noticiar um escândalo de R$ 25 bilhões na esfera do Ministério da Faze...