quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Petróleo opera em alta em meio a expectativas com reunião da Opep

Os contratos futuros de petróleo operam em alta na manhã desta segunda-feira, beneficiados com pelo sentimento positivo com a proximidade da reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que deve votar, na semana que vem, um acordo para reduzir a produção e dar suporte aos preços.
Às 9h02 (de Brasília), o Brent para janeiro negociado na Intercontinental Exchange (ICE) subia 1,90%, a US$ 47,75, enquanto o barril WTI para o mesmo mês avançava 1,90%, a US$ 47,25.
Investidores se animaram com notícias dando conta de que ministros de energia de dois dos países mais relutantes do cartel em relação aos cortes de produção, Irã e Iraque, resolveram apoiar a proposta. O grupo se reúne no próximo dia 30.
Enquanto parte dos observadores se animaram com a notícia, outros alertaram que o apoio foi feito em comentários bastante vagos.
Para analistas do Barclays, a Opep se encontra em um momento em que precisa decidir entre duas opções difíceis. Se decidirem cortar a produção e produzir uma alta de curto prazo nos preços, eles abrem espaço para a volta da produção norte-americana no médio prazo. Por outro lado, se a decisão for por não fazer nada e deixar o mercado se ajustar naturalmente, os produtores sofrerão com a queda das receitas.
"Ainda acreditamos em um acordo da Opep para manter alguma reputação. Neste caso, ele seria um acordo flexível, não muito diferente do que os países do cartel planejaram inicialmente para o início de 2017", diz o banco, em nota.
Paralelamente, por causa do feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos, a negociação do WTI deve ficar abaixo do normal e gerar alguma volatilidade nos últimos dois dias da semana, especialmente tendo em vista a proximidade com a reunião da Opep.
 Fonte: Dow Jones Newswires.
Postar um comentário

Funcionário da JBS morre após cair em máquina de processamento de aves

A JBS informou que o acidente aconteceu durante a higienização de um dos equipamentos da fábrica O funcionário da JBS, José Eudes Ferrei...